|RESENHA| Casa das Estrelas - Javier Naranjo

Olá, Herdeiros! 

Recentemente, recebi esse livro de poesias, lançado pela Editora Planeta de Livros nesse mês de outubro.




“Casa das Estrelas: O universo pelo olhar das crianças” organizado por Javier Naranjo e ilustrado por Lara Sabatier é um projeto feito pelo professor e poeta colombiano durante suas aulas para crianças do primário (05 a 12 anos). Ele coletou definições dos seus alunos de objetos, palavras, lugares e sentimentos. Pequenos versos foram reunidos e transformados nesse livro poético.


O livro traz as definições de objetos, lugares e sentimentos em ordem alfabética e com ilustrações lindas. As poesias são puras, emocionantes e, muitas vezes, profundas. Ficamos a imaginar como cada criança chegou a aquela definição e a profundidade daquele sentimento. É inevitável não se apaixonar ou não se emocionar.



Li alguns versos para o meu filho de 9 anos e o mesmo se emocionou e riu. É um livro encantador! Quem tem crianças em casa ou que gosta de crianças vai se apaixonar por enxergar a inocência das crianças.

No início do livro o autor Javier Naranjo nos conta como teve a ideia do projeto e nos traz à reflexão de como deixamos de valorizar e incentivar as crianças quando elas escrevem ou falam algo.

Deixo abaixo algum dos meus versos favoritos:

Amor:
“O que cada coração reúne para dar a alguém.” (Lina Maria Murillo, 10 anos)
“Dar beijinho na mamãe e na namorada. Sabe quem é minha namorada? Minha mamãe.” (Sebastian Sabtodomingo, 05 anos)
 Brincadeira:
“É estar contente e amando.” (Ricardo Mejía, 10 anos)
Carinho:
“Amarrar as pessoas” (Valentina Nates, 09 anos)
Mãe:
“É aquela que ensina à gente o que a gente deve querer” (Andrés Felipes Bedoya, 09)
Morte:
“É quando não aguentamos" (Daniel Castro, 07 anos)
Pai:
“É uma pessoa muito especial porque tinha a gente no coração quando a gente estava na barriga” (Luísa Fernanda Borrero, 09 anos)



Paz:
“Quando alguém se perdoa” (Juan Camilo, 08 anos)
Solidão:
“Você estar em completo deserto” (Sandra Grisales, 08 anos)
Sonho:
“Que os colégios não existam, que a gente nasça com mente pra saber tudo” (Maria José García, 08 anos)
Vida:
“Sentir, nascer, ter esperança de que alguém é alguém” (Juan Cardona, 12 anos)
Beijos,



Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo