{Resenha} O Navio das Noivas

Olá, Herdeiros ! 
Tudo bom com vocês ? Por aqui está tudo muito corrido, mas vamos que vamos ! rs

Hoje venho trazer pra vocês a resenha desse livro que eu demorei séculos para terminar de ler, mas que valeu a pena..rs 

EDITORA: Intrínseca- AUTORA: Jojo Moyes  - PÁGINAS: 383 - GÊNERO: Literatura Estrangeira/Romance  

SINOPSE


Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. 
Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas. 
Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado.
Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.

RESENHA

O livro narra a história de quatro mulheres em especial que juntas com cerca de mais 600 outras esposas de militares entram em um navio,o HMS Victoria, que as levará da Austrália para a Inglaterra, deixando suas vidas para trás para se encontrarem com seus respectivos maridos. 
Embora a história dessas quatro mulheres serem ficcionais, o  livro traz citações no início de cada capítulo. Essa citações não são ficcionais, são relatos de experiências das esposas de militares e oficiais que estavam dentro do Victorious, trazendo uma realidade maior à história, pois, o livro é baseado em uma história real.  

Margaret é uma esposa que está grávida, prestes a dar a luz, que deixou para trás seu pai e irmãos. 
Ela é uma mulher amigável, sensível e um tanto solidária as companheiras de quarto.

Avice é uma mulher rica e mimada, e, por isso, uma jovem esposa egoísta e só se preocupa com o sua aparência e viver nos padrões da alta sociedade.

Jean é a mais nova do quarteto, com apenas 16 anos. Devido sua falta de imaturidade se mete em diversas confusões e comete atos inconsequentes, e até envolve suas companheiras de quarto deixando-as muitas vezes situações complicadas.

Francis é uma mulher um tanto reservada e misteriosa. Suas companheiras de dormitório desconfiam que ela guarda um segredo. Ela é enfermeira, ajudou os soldados feridos na guerra e possui um passado sombrio. Sua partida no navio a faz ter esperanças de um futuro diferente de tudo que já vivera. 

Além das esposas, há um destaque especial para alguns outros personagens no livro, como o comandante Highfield, que viveu anos servindo a Marinha e ao chegar na Inglaterra terá que entregar o navio e se aposentar, isso o deixa um tanto depressivo e pensativo durante a viagem. 
Outro militar é o Nicol, que também tem um passado um tanto conturbado e está naquela viagem tentando ter perspectivas boas para seu futuro na Inglaterra.

MINHA OPINIÃO

Confesso que tentar escrever a resenha desse livro pra mim é um tanto complicado. Eu não sei dizer exatamente o que senti ao lê-lo.
A história é boa, os personagens são diferentes, cada um com uma personalidade forte e oposto de tudo que já li, mas a narração do livro é um tanto cansativa. Eu demorei muito para chegar no capítulo 16, quando, enfim, o livro começa a ter uma narrativa um pouco mais fluída. 
O que acontece com cada uma das esposas me deixou um tanto assustada, os diálogos entre os personagens são comoventes, dignos de uma adaptação cinematográfica. 
No livro, não teve final feliz pra todo mundo. Não teve cenas clichês. Mas teve emoção, choro, raiva, decepção e... ufa... até amor.

Então, resumindo: o livro é bom, não é excelente, mas é bom. 

Eu acho que é isso. Só. rs


  




2 comentários:

  1. Terminou, ein... Hahahaha
    Eu acho que gostei um pouco mais que você pelo fato de amar ler histórias passadas nos anos 40/50, ainda mais quando é baseada em fatos reais, acho que isso deixou menos cansativo.
    É realmente muito comovente e também incrível a história de cada uma das 4 noivas e também dos outros personagens, mas o modo que foi narrado cansa um pouco mesmo. Talvez um filme desse livro fique melhor que ele próprio, né?
    Amei sua resenha, Rachel!

    Beijos,
    S de Sarah

    ResponderExcluir
  2. Sei como é ler um livro e demorar séculos para terminar..kkkk
    Estou lendo um assim.
    Amei sua resenha, muito detalhista. Top!
    Fica com Deus, bjs.

    http://www.embaixadoradedeusoficial.com.br/

    ResponderExcluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo