|Resenha| Antes de Tudo Acabar - Mary C. Muller

Olá Herdeiros, tudo bom com vocês ?


Rafael é um adolescente um tanto peculiar. Após ser abandonado pelo pai, que largou a família para viver com a amante, agora Rafael tem que lidar com o alcoolismo da mãe. Além disso, Rafael sofre bullying no colégio aonde cursa o ensino médio, apenas por ser diferente dos outros garotos. Porém, apesar de todos esses problemas que enfrenta, Rafael encontra em Anne, sua amiga de infância, uma forma diferente de encarar a vida.


Anne é uma jovem cheia de personalidade. Mas, toda essa personalidade é para esconder as agressões físicas que sofre do pai. Anne vê em Rafa um parceiro pra vida, alguém que a entende sem nenhuma palavra necessária.


Mas, tudo muda depois que Anne começa a namorar Maurício. Rafa se dá conta que carrega uma paixão platônica pela melhor amiga e Anne se afasta cada vez mais do seu melhor amigo.


Com o afastamento de Anne, Rafa conhece Kaori e as coisas voltam a mudar na vida dele.


MINHA OPINIÃO 

O livro foi uma surpresa muito boa. Não esperava gostar tanto da história como aconteceu. Ele é cheio de acontecimentos um atrás do outro. Ficamos sem tempo até de respirar. Quase todos os assuntos relacionados à fase da adolescência vem nessa história.



O livro aborda temas importantes como violência doméstica, alcoolismo, bullying, automutilação, virgindade, abuso sexual, homossexualismo, vestibular e por aí vai... Eu gostei de como toda trama foi sendo narrada. (A leitura é muito, muito fluída) As histórias foram se encaixando e a gente vai se apaixonando pelos personagens e depois fica com raiva deles, a gente vai sentindo eles vivos na história. Dá pra rir e dá pra chorar com tudo que lemos.


Eu realmente me encantei com o livro e com a escrita da autora.


Super indico para os apaixonados pelo gênero Young Adult.




|Resenha| Tudo o Que Mais Importa - Naiara Aimee

Olá, Herdeiros! 

Cabô Carnaval e já tem resenha pra vocês aqui no blog ! Oba!

A resenha de hoje é de um romance de época cristão e nacional (uauuu!)

RESENHA



Edward Radford acaba de perder sua mãe e descobre que para adquirir sua herança e finalmente poder se vingar de seu pai, terá que hospedar as irmãs McCarthy. Mesmo contra a sua vontade, ele acaba se submetendo à vontade que sua mãe lhe impôs em testamento, porém, ele se mostra indiferente às irmãs.

Jane McCarthy, a irmã mais velha, acaba percebendo a indiferença do rapaz e o quanto as irmãs lhe causavam um incômodo, e decide voltar com elas para sua antiga residência. Vendo que sua herança pode ser perdida, Edward se mostra um pouco mais cortês com as irmãs e acaba se aproximando e se apaixonando por Jane. Porém, com inúmeras circunstâncias acontecendo, Jane não confia nem um pouco nele e nos seus interesses, e se mostra bem difícil de ser conquistada.




MINHA OPINIÃO 

Quando li a sinopse do livro, me apaixonei e fiquei maravilhada ao saber que se tratava de um romance de época CRISTÃO NACIONAL.


Quem me acompanha aqui no insta ou lá no blog sabe o quanto eu sou apaixonada por romances de época. Porém, ultimamente, com tantos livros desse gênero já lidos, fica difícil eu não me pegar criticando algumas situações que se assemelham tanto de um livro para o outro. Enfim, precisava ler algo diferente. E, foi exatamente o que eu li, Tudo o Que Mais Importa é um romance de época diferente de todos os outros romances clichês.


O romance não fala só sobre o amor entre dois personagens principais, mas do amor entre irmãs também. Amei a forma como uma irmã cuidava da outra, mesmo em momentos tão difíceis.

A história é narrada de forma simples e fluída. Os diálogos não são clichês. Eu amei todo enredo. Amei o romance entre Jane e Edward, que foi crescendo e amadurecendo aos poucos. Amei o desfecho final de toda a história, inclusive, do que acontece com os personagens secundários.


Gostei também da forma como a autora trouxe para o livro a mensagem do amor de Deus, não foi escrita em forma religiosa. Para quem não é cristão, tenho certeza que não se incomodaria com as mensagens cristãs colocadas de forma tão delicada e sutil na história.


Ah! Fica aqui meu pedido à autora que traga o segundo livro para nós, preciso saber o que aconteceu com Anna e Matthew !


Super indico o livro para quem gosta de um belo romance de época.

Beijos,


A GUERRA QUE SALVOU A MINHA VIDA | AUTORA: KIMBERLY BRUBAKEY BRADLEY | RESENHA

Olá, Herdeiros !!!

Feliz Ano Novo !!! Afinal, há quem diga que o ano só começa depois do carnaval ! Devo dizer que pra mim Não, eu não curto carnaval, mas eu moro no Brasil e no Rio de Janeiro, né bicho! Fazer o que ? rs
Mas, chega de blá, blá, blá e vamos ao que interessa.... Hoje tem resenha no blog que pra quem me acompanha no Instagram não é tão nova assim... a resenha já está postado o maior tempão por lá, só que eu esqueci (confesso!) de publicar por aqui..hihihiihi... (acontece!)


RESENHA 


O livro conta a estória da Ada, uma menina de 10 anos de idade (é o que ela acha) que nasceu com o pé torto e por isso é humilhada pela mãe, que também não a deixa sair de casa. Ada mora em Londres com a mãe e seu irmão mais novo, Jaime. Tudo que Ada sabe da vida é o que ela consegue ver pela janela do pequeno apartamento e o que a mãe dela passa pra ela, falta de amor e afeto.


Com o início da Segunda Guerra Mundial, há uma evacuação das crianças de Londres para o interior, aonde elas poderiam estar mais seguras.

Ada e seu irmão fogem para irem com as demais crianças, já que a mãe deles jamais permitiria Ada saísse de casa e ir para o interior. Ao chegar no interior, eles conhecem Susan, uma solteirona, que a princípio não queria cuidar deles por causa da sua depressão de ter pedido sua melhor amiga.

Daí em diante, os irmãos começam a superar seus medos, seus traumas, a falta de afeto e cuidado que não receberam da mãe. Ada é criança muito traumatizada e não consegue se sentir amada e Susan está enfrentando a dor da perda da melhor amiga.

Será que elas vão conseguir superar suas dores do passado?

MINHA OPINIÃO

Este livro é maravilhoso! Um dos melhores que já li na vida e se tornou um dos meus favoritos.
O livro conta sobre perda, superação, traumas e amor.

Fiquei apaixonada com toda a estória, apesar de todo o sofrimento contida nela. Não dá pra não se emocionar com este livro. Ada é uma criança que sofre muito, meu coração ficava em pedaços, mas ver a superação, a força de vontade dela, enchia meu coração de esperanças. Ada é sensível e ao mesmo forte, é muito inteligente e, apesar de ser completamente fechada, é uma criança amorosa. Ela é incrível!

Terminei o livro com lágrimas escorrendo pelo rosto, e fico com os olhos marejados só lembrar de toda estória. Tive uma baita ressaca literária. É lindo demais, gente! Esse livro merece um filme com recordes de bilheteria.

Beijos, 




{Resenha} A Garota das Sapatilhas Brancas - Ana Beatriz Brandão

Olá, Herdeiros!

Tudo bom com vocês ? Chegamos quase no finalzinho da semana e aqui no Rio de Janeiro está fazendo dias ensolarados... mas, não vim falar do calor, vim falar de um livro que muito me surpreendeu.

A Garota das Sapatilhas Brancas é um spin-off de O Garoto do Cachecol Vermelho. 

Spin-Off,  na literatura, trata-se de um livro que foi escrito a partir de um primeiro, a fim de esclarecer mais a história dos personagens, mas do ponto de vista de outros personagens. 
Em O Garoto do Cachecol Vermelho, o livro é narrado apenas por Melissa, já em A Garota das Sapatilhas Brancas temos a narrativa de vários personagens, inclusive, de Regina, mãe de Melissa, tendo como a maior parte do livro a narrativa de Daniel. 




RESENHA

Resumidamente, a história é de dois jovens, Daniel e Melissa, que se conhecem e não se entendem muito bem, quero dizer, Melissa é bem desagradável com o rapaz. Mas, isso acaba despertando em Daniel um sentimento por ela. Melissa é uma bailarina e seu maior sonho é ir para faculdade de Julliard, nos Estados Unidos. Daniel é diagnosticado e descobre que herdou ELA do seu pai, uma doença incurável. 
Depois que Daniel propõe um desafio para Melissa, de o acompanhar a todos os lugares que ele a levar, e, aí, os dois acabam se apaixonando. Melissa se vê entre realizar o seu maior sonho ou viver o seu grande amor. 

Como se trata de um livro spin-off, A Garota das Sapatilhas Brancas é um livro de lembranças e vemos todos os sentimentos dos personagens em relação aos acontecimentos no desenrolar da história. Apesar de Melissa ser um tanto antipática no primeiro livro, vê-la na perspectiva dos sentimentos de Daniel faz com que entendamos melhor os motivos pelos quais ela é assim e também vemos como o sentimento dele por ela o fez enxergar um mundo de qualidades antes inexistentes nela.
Daniel é um personagem maravilhoso, um rapaz cheio de luz, carinhoso e amigos de todos. A gente se apaixona por ele fácil. Já Melissa...bom, ela é um tanto irritante e mimadinha, mas a com a chegada de Daniel em sua vida, a vida lhe dá uma reviravolta e ela muda completamente. 


MINHA OPINIÃO 

Não posso e nem quero dar spoilers do livro, por isso, pra entender melhor a história de Daniel e Melissa você precisará ler o livro. Só posso dizer que eu gostei muito da história, dos assuntos abordados nele e dos personagens, principalmente o Daniel. A única coisa que me incomodou muito foi que, os capítulos não estão em ordem cronológica e cada um deles se passa em um determinado período, ora está meses ou até dias atrás, ora está meses ou anos atrás, isso me confundiu durante a leitura.
O que muito me surpreendeu foi ver que autora, Ana Beatriz Brandão, mesmo sendo tão nova já escreve tão bem. Fiquei realmente pasma com a sua maturidade e desenvolvimento na escrita de todo enredo do livro. 
Também amei a capa e miolo do livro, tem tudo a ver com o título do livro. 

Ah! Uma coisa bem bacana é que, além de ser uma leitura incrível, quando você compra o livro ainda ajuda a ARELA e o Instituto Paulo Gontijo!

Eu recomendo muito a leitura do livro !!!! 

Beijos, 



© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo